Cirurgia de mamas

Prótese de mama, redução de mama e mastoplexia

Existe uma harmonia entre o volume ideal das mamas e o tamanho do tórax. Essa característica deve ser preservada no planejamento de uma cirurgia.

Existem 3 tipos de cirurgias para as mamas: a mastoplexia e a mamoplastia de aumento e de redução.

A mastoplexia levanta as mamas caídas e flácidas, que sofreram a ação do tempo ou perderam volume em conseqüencia da gravidez, e lhes proporcionar um melhor contorno e consistência. Eventualmente, pode-se reduzir o tamanho da aréola.
O tempo de recuperação é curto. A paciente pode retomar as atividades em duas semanas.

A cirurgia para colocação de prótese de silicone nos seios está indicada para os casos em que a paciente apresenta pouco volume mamário. Às vezes, a paciente apresenta seios relativamente pequenos, mas com excesso de pele. A simples retirada desta pele que está sobrando, permite a obtenção de mamas com volume normal. Felizmente, as cicatrizes desta cirurgia podem ficar bastante disfarçadas, o que é muito conveniente nos primeiros meses. Pode-se colocar as cicatrizes no sulco formado entre a mama e o tórax, na área da aréola, e até mesmo na axila. O local da cicatriz deve ser discutido com o cirurgião, pois existem limitações técnicas que, dependendo de seu tipo de mama, impedem uma ou outra solução.

Na mamoplastia de redução, o paciente pode reduzir o tamanho das mamas. Ela é indicada para melhorar o aspecto estético da mama, é indicada como recurso complementar no tratamento profilático de certas doenças da mama e como prevenção de problemas causados por mamas muito grandes. Além de ter seu tamanho reduzido através da cirurgia, a consistência e forma das mamas também serão melhoradas.



R. Tenente João Gomes da Silva, 737 - Mercês Curitiba/PR    •    clinica.boulevard@hotmail.com    •    Fone: |41| 3338 9053